Renato, Braz e mais dois: Santos tem semana para esvaziar ala médica

Por Terra em

Enquanto parte do elenco do Santos se prepara no Mato Grosso para o duelo desta quinta-feira contra o Luverdense, pela Copa do Brasil, outra parte ficou na cidade de Santos para intensificar os trabalhos físicos. Com mais quatro dias livres, a tendência é que o Departamento Médico seja esvaziado ou, ao menos, deixe de ter as presenças do zagueiro David Braz e do volante Renato. Outros dois ainda estão entregues aos médicos: o volante Guilherme Nunes e o atacante Bruno Henrique. Confira abaixo a situação de cada um deles.

Zagueiro David Braz está recuperado

David Braz O capitão está recuperado de dores na perna direita. Pouco antes do jogo de ida contra o Luverdense, foi constado um edema em sua panturrilha e, desde então, ele perdeu duas partidas. O zagueiro já início a transição física para o gramado e deve usar os próximos dias para se preparar para o clássico contra o São Paulo, no Morumbi. Em sua ausência, quem atuou foi Gustavo Henrique. Não está descartado o retorno do camisa 14 na sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Renato O veterano de 39 anos não teve lesão constatada, mas sofreu com dores na panturrilha esquerda. Nos últimos dias, chegou a intensificar os trabalhos na academia, com exercícios aeróbicos como bicicleta ergométrica e, portanto, ao poucos retoma sua melhor forma física para ficar à disposição do técnico Jair Ventura. Experiente e um dos capitães do elenco, não é mais titular da equipe.

Bruno Henrique Havia a expectativa de que o atacante pudesse ser relacionado para o clássico contra o São Paulo, no fim de semana, já que não sente mais dores oriundas de lesão muscular na coxa esquerda. Entretanto, o retorno não deve acontecer. Embora o Santos não tenha nos planos divulgar a programação de treinos no CT Rei Pelé enquanto a outra parte do elenco estiver no Mato Grosso, o camisa 11 deve ser novamente avaliado para, enfim, ser liberado para atividades no campo.

Guilherme Nunes O volante de 19 anos trata uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda e é outro que dificilmente estará à disposição para o clássico, já que segue sob os cuidados dos médicos do clube.

Elenco em Santos Os laterais Victor Ferraz e Dodô, o volante Alison e os atacantes Rodrygo e Gabigol ficaram em Santos e seguirão o planejamento de treinos físicos normalmente até o retorno do restante do elenco. O volante, principalmente, é um dos que mais sofre com o desgaste físico e já tinha planejada pela comissão técnica uma "folga" na maratona de jogos.