Santos prioriza o 10, mas busca um 8 e um 9 no mercado

Por Terra em

O Santos prioriza a contratação de um camisa 10, mas também procura um 8 e um 9 no mercado. A diretoria e a comissão técnica entendem que essas são as carências do elenco comandado por Jair Ventura.

O principal objetivo é trazer um armador para, finalmente, substituir Lucas Lima. Lucas Zelarayán, do Tigres-MEX, e Marquinhos Gabriel, do Corinthians, negociaram, mas não vieram. Paulo Henrique Ganso, do Sevilla-ESP, é um sonho distante. Há conversas por um jogador dessa posição, mantido em sigilo.

O Peixe também quer um volante com status de titular. Renato perdeu espaço e, hoje, o meio-campo é formado por Alison, Léo Cittadini e Vecchio. A busca é por um meio-campista moderno, que saiba marcar e atacar com qualidade.

Por fim, o alvinegro deseja um centroavante "cascudo", forte e que saiba fazer o pivô. Rodrigão é o único que tem essas características, mas nem vem sendo relacionado para os jogos por opção técnica de Jair.

Até o momento em 2018, o Santos foi bem no mercado e contratou três jogadores que deram certo: o lateral-esquerdo Dodô e os atacantes Gabigol e Eduardo Sasha.

Gazeta Esportiva